Pré-Inscrição

Ela faz o sucesso dela: conheça o case de empreendedorismo feminino da consultora Janaína Gurgel!

Ela faz o sucesso dela: conheça o case de empreendedorismo feminino da consultora Janaína Gurgel!

Empreender no Brasil não é tarefa fácil. Obtenção de crédito, concorrência, burocracia… Agora, imagina empreender por aqui, onde o mercado de trabalho ainda é bem preconceituoso, sendo mulher?

Pois é. Essa tarefa mais do que difícil se torna um verdadeiro desafio e motivo de desistência de muitas mulheres por aí. 

Mas isso – ainda bem – tem mudado nos últimos tempos. Segundo dados do Sebrae, a participação de mulheres na economia brasileira cresce a cada ano, tanto no mercado de trabalho quanto entre os novos negócios. 

Juntas, as mulheres representam quase metade (48%) dos novos empreendedores no Brasil! 

“Sexo frágil”? Aonde?

A consultora de imagem profissional Janaína Gurgel é uma das que fazem parte dessa estatística. 

Com 48 anos, a brasiliense vem para provar que, com ela, o “sexo frágil” não existe, e capacidade e profissionalismo independem de gênero – ou de beleza, como muitos costumam rotular. 

“A mulher bonita muitas vezes sofre preconceito, acham que ela não é capaz por ser bonita. E é lógico que é possível ser bonita, inteligente e uma excelente profissional. É possível andar com tudo isso junto. Capacidade e profissionalismo não dependem da beleza e do gênero. Dependem do seu esforço, da sua capacidade de ser”, ela defende.  

Assumindo riscos 

E se tem uma coisa que Janaína entende, é de esforço. Medo de botar a mão na massa? De arriscar? Com ela isso não existe.

Ao longo de sua carreira, a consultora, que teve a Fisioterapia como uma de suas primeiras formações, já atuou como fisioterapeuta especialista em postura, fotógrafa publicitária, executiva de contas junto a uma empresa de lâmpadas de LED, vendedora… Ufa!

Ainda assim, mesmo bem-sucedida em tudo o que se propunha a fazer, a empresária não estava feliz. 

“Foi aí que fiz um processo de coaching e decidi remodelar toda a minha carreira para aproveitar as minhas melhores potencialidades. Em 2014 me divorciei, mudei de São Paulo para Guarapari com as minhas duas filhas e me vi em um certo limbo profissional. Foi o meu período mais difícil financeiramente, estava desempregada, depressiva. Foi quando descobri a MMurad|FGV e disse ‘é pra lá que eu vou’. Enxerguei no curso uma oportunidade de recomeçar, fazer networking, aprender coisas novas”, conta.

Um novo capítulo na história

Já devidamente matriculada no MBA em Gestão Comercial, a partir dali, Janaína começou um novo capítulo em sua vida. 

Mas quem pensa que tudo se tornou maravilhoso da noite pro dia só por conta disso está enganado, viu?

“Vendi minhas jóias para fazer o curso e ia de Guarapari para as aulas em Vitória com 30 reais no bolso, 10 pro pedágio de ida, 10 pro pedágio de volta e 10 pro churrasquinho do intervalo (risos). Mas nunca faltei uma aula, montava a minha melhor versão e ia. A FGV abriu muito minha mente, tanto que comecei a pensar em empreender durante a minha vivência no curso. Foi um verdadeiro divisor de águas na minha vida”, relembra. 

Empreendedorismo feminino no Brasil

A empreendedora Janaína Gurgel. 

Consultoria de imagem profissional

Com o término do MBA e um novo direcionamento para a sua carreira, a empreendedora, que já não conseguia mais parar, deu um novo passo e fez o seu primeiro – de muitos – curso em Consultoria de Imagem. 

Segundo ela, a consultoria de imagem profissional foi, enfim, a união perfeita de todas as suas expertises, da postura vista em Fisioterapia, à fotografia publicitária, passando pelo MBA em Gestão Comercial e pelo curso de Coach que também havia conseguido fazer, culminando com o curso de Consultoria de Imagem e todas as demais experiências profissionais da sua vida. 

Janaína conta que começou pequena, atendendo poucas clientes, mas, hoje, já consegue viajar o Brasil inteiro atendendo empresas como a Bodytech e o Grupo Boticário, e aqui no Estado, a Associação dos Magistrados do Espírito Santo (AMAGES) e o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do ES (CREA-ES) . 

“Meu trabalho é voltado a deixar a imagem do profissional coerente à profissão e à expectativa do cliente que quer contratá-lo. Presto atendimento individual com empresários e também ministro palestras dentro das empresas para falar não de vestuário apenas, mas da imagem como um todo, postura, comunicação verbal e não-verbal, e a importância de usar a imagem de forma estratégica. Tenho a minha própria metodologia e muito dela vem do que aprendi na MMurad”, explica a consultora. 

Demais, não é?

Os planos para o futuro

Só que não para por aí: os planos para o futuro são muitos e já estão bem desenhados!

“Como hoje moro em Vitória e perto da MMurad, quero fazer o meu segundo MBA em breve, desta vez, o MBA em Gestão Estratégica de Pessoas: Desenvolvimento Humano de Gestores. Atualmente também tenho estudado sobre a psicologia das cores e como elas interferem no nosso cotidiano”, ela revela. 

Conselho final 

Para finalizar, Janaína também deixa o seu recado para as mulheres que estão começando agora: “se eu pudesse dar um conselho, seria para as mulheres serem resilientes e persistentes. O início pode ser difícil, depois da maternidade, mudar de carreira e tal, mas é preciso persistir e persistir com direcionamento, com uma pós ou um processo de coaching.  Também é preciso aprender a lidar com o universo masculino de forma firme, com direcionamento e objetivo, sem ceder a chantagens”. 

Ah, e claro, tudo isso sem esquecer da postura profissional!

“Não pode deixar de ter postura profissional! Geralmente a gente espera ter sucesso para agir como uma pessoa de sucesso, mas é preciso pensar nisso desde sempre, pensar “onde eu quero estar daqui a 5 anos?” Eu fiz isso e me ajudou muito. Postura profissional é pontualidade, educação, ser positivo, estar sempre buscando solução, se vestir bem, cuidar da sua aparência, da forma com que você se apresenta pras pessoas. Não é ser arrogante. É olhar nos olhos, se comprometer e fazer, sempre sendo grato ao seu hoje e a tudo que você já conseguiu construir até chegar aqui”, conclui.

E você, gostou de conhecer a história da Janaína? Também tem uma super legal para compartilhar? Manda uma DM no nosso Instagram!