Pré-Inscrição

Como otimizar tempo e poupar dinheiro para o seu MBA

Como otimizar tempo e poupar dinheiro para o seu MBA

Você já parou para pensar no significado da palavra prioridade?

Encontramos a seguinte definição no dicionário:

Preferência; Condição do que ocorre em primeiro lugar; O primeiro em relação aos demais.

Se o sentido descrito dentro de um dicionário nos parece algo quadradinho e distante demais da vida real, podemos pensar numa situação prática.

Exemplo

Pense em uma atividade que ocupa muito espaço no seu dia e que aparenta ser essencial, ou em algum produto ou serviço que você jura não conseguir viver sem.

Essa atividade pode ser suas horas diárias de trabalho.

O produto ou serviço pode ser uma comida favorita ou o hábito de passar em um bar todos os dias após o expediente.

Definiu todos eles?

Pois bem, de repente, num certo dia, você se sente mal, vai a um médico e ele então lhe informa: ou você abandona tal prática/hábito/consumo ou terá poucos dias de vida.

Pode apostar, numa situação dessas, as desculpas “falta de tempo” ou “falta de dinheiro” não vão passar pela sua cabeça. Você mesmo vai tratar de mudar sua vida.

Existem inúmeras maneiras de perder a vida: adiar os sonhos, não realizar o que se deseja ou arrumar desculpas para não sair do lugar.

São razões que anulam a vida sem necessariamente acabar com ela, o que é bem pior.

Você já tem o tempo e o dinheiro que precisa para fazer um MBA

O que falta mesmo é dinheiro, tempo ou planejamento e prioridade?

O dito popular diz que “quem quer faz, quem não quer arruma uma desculpa”.

Para dar o primeiro passo rumo à realização do seu objetivo de fazer um MBA, você não precisa mudar de vida. A mudança para melhor virá depois. Com planejamento, foco e metas bem definidas, acredite: você já está pronto para voltar a estudar. E já pode começar hoje mesmo, se quiser!

 

Planejamento e Gestão do tempo para fazer o seu curso

É possível conciliar trabalho, família, lazer e MBA.  Para que essas atividades funcionem plenamente e em harmonia, você deve ter um bom planejamento, etapa fundamental para o alcance dos resultados esperados.

 

1 – O resgate do objetivo e a clareza das metas

Autoconhecimento é um processo pessoal, necessário e que exige prática. O que te motiva? Quais fatores definem quem você é hoje e suas ambições futuras? No que você é bom e o que deve ainda desenvolver?

Ter um MBA é pré-requisito para uma posição de liderança? Será o caminho mais sustentável para uma vida com mais qualidade? Será o ponto de partida para você empreender?

 

2 – A conexão com o programa e a instituição de ensino

Uma vez que a área de interesse estiver bem definida, então será a hora de procurar por um programa que ofereça excelência, praticidade e que esteja alinhado com a aquilo que quer desenvolver em sua carreira.

Opte por uma instituição de credibilidade e que seja reconhecida pelo MEC e mercado de trabalho. Ter um certificado de MBA valorizado por empresas de todo o país é fundamental para lhe assegurar empregabilidade em caso de mudança de estado.

 

3 – A importância da organização e dedicação

Construa uma agenda para cada tarefa, separando a hora de trabalhar, a de estudar, a de ficar com quem gosta e a de descansar.

Esteja por inteiro em cada um desses momentos.

 

4 – Seja realista e honesto

Compromisso consigo mesmo:

Conheça seus limites e saiba respeitá-los. Desta forma, não haverá estresse, frustrações ou quebras de expectativas.

 

Compromisso com sua família:

Se sua nova rotina de trabalho te deixará mais ausente, então é preciso saber negociar o tempo e conscientizar a todos que a recompensa será maior do que o sacrifício.

 

Compromisso com seu chefe:

Fale com seu chefe sobre seu MBA. Proponha uma troca de experiências entre o que aprendeu em sala de aula e as situações reais vividas dentro de sua empresa. Melhore seu desempenho através do aprendizado ao longo do curso. Sua evolução se tornará evidente e você será reconhecido e recompensado por isso.

 

Compromisso com seus professores:

Dê o seu melhor na realização de todas as atividades do MBA e dentro do seu limite, mostre-se como alguém curioso, perspicaz, maduro e que valoriza toda a experiência da aprendizagem.

 

Compromisso com quem você será daqui a 5 anos:

Lembre-se que alguém diferente e mais maduro te espera no futuro. É você mais produtivo e com a empregabilidade em alta. Mas para isso se tornar realidade, você precisa fazer acontecer.

 

  • As oportunidades vêm e vão sem hora marcada. Da próxima vez que uma delas aparecer diante de você, siga em frente!

 

Gestão das finanças pessoais

Sua eficiência em administrar suas finanças pessoais já poderá indicar se você está preparado para assumir uma posição de liderança, um novo desafio profissional ou até mesmo se está pronto para tocar seu próprio negócio.

Se você não consegue cuidar bem de suas finanças, então a escolha por fazer um MBA será a oportunidade de aprender e vivenciar para o que virá depois. O sucesso de sua carreira dependerá de sua capacidade de se relacionar com dinheiro, seja o seu ou o de uma empresa.

 

1 – Faça um diagnóstico de sua situação financeira:

Antes de tomar a decisão de começar o seu MBA, é preciso fazer um diagnóstico de sua situação financeira atual. Organizar todo o orçamento, classificando-o em níveis de prioridade, do mais importante ao mais supérfluo. E ter a consciência de que os hábitos precisarão mudar.

Não invista em um curso pelo preço, mas sim pelo retorno que ele poderá trazer. A partir daí, encontre espaço em seu orçamento para viabilizar o seu desenvolvimento profissional.

 

2 – Estabeleça metas para todos os gastos:

As metas nos ajudam a perceber que estamos indo bem, rumo aos nossos objetivos ou se será preciso fazer alguma mudança. Portanto, estabeleça metas!

Perceba que o investimento em um MBA é, de certa forma, parecido com uma aplicação financeira que rende juros para quem nele aplica. A vantagem aqui é que a riqueza do curso tem potencial para colocar sua carreira em um outro patamar.

 

3 – Retorno do Investimento

Você não pode perder tempo investindo recursos em algo que não será útil. Faça um cálculo simples. Levando em conta seu plano de carreira, e contabilizando o valor a mais que você ganhará de salário ou remuneração durante ou após o MBA, calcule quanto tempo você levará para compensar o investimento. Tudo o que vier depois será lucro.

E lembre-se, o MBA sozinho não é garantia de sucesso rápido e fácil. Mas junto com a sua dedicação e capacidade de gerar resultados, ele vai te colocar em condições de alcançar melhores resultados na sua carreira.