Pré-Inscrição

Como ser persuasivo e fechar bons negócios

Como ser persuasivo e fechar bons negócios

Como está a sua habilidade de negociação? Tem obtido resultados positivos? Sabia que a persuasão pode contribuir nesse sentido e te ajudar a fechar ainda mais negócios?

É sobre este tema que iremos falar hoje! Vem com a gente!

O conceito de negociação

Antes de entender como ser mais persuasivo em seus negócios, temos que entender o que é e como se dá uma negociação.

A negociação, como já dissemos por aqui, pode ser definida como o relacionamento entre as pessoas com o objetivo de chegar a um acordo, em que ambas partes são beneficiadas. 

Por meio do diálogo, as pessoas tendem a criar esse relacionamento para conquistar algo, seja um serviço, uma condição especial, um produto, entre outras possibilidades.

O ideal é que sempre ambas partes saiam satisfeitas com o resultado final e, assim, novas negociações possam surgir futuramente.

O conceito de persuasão 

Já a persuasão está relacionada à capacidade de convencimento de cada um. O uso de argumentos na hora certa e o discurso seguro e alinhado com os objetivos da pessoa que o fala são alguns exemplos de como a persuasão funciona. 

É importante ressaltarmos aqui que não necessariamente a persuasão está alinhada à uma decisão, como muitas pessoas acham. 

Tampouco deve ser vista como algo negativo – é necessário saber discernir persuasão com dissimulação, por exemplo, um termo que bastante gente confunde e acha que é persuasão. 

A dissimulação ocorre quando a pessoa oculta suas intenções e sentimentos, está muito relacionada com um possível fingimento. Já na persuasão, a pessoa não oculta o que quer, pelo contrário, ela deixa tudo muito claro e explícito, utilizando de recursos para convencer. 

Pessoas com postura persuasiva costumam ser pessoas que circulam bem, tem ótimo networking e sabem se portar. São pessoas que influenciam, geralmente seguras de si, do que querem e de como querem.

E claro que isso é muito positivo na hora de fechar negócios, não é?

Dica de leitura: 4 tipos de negociação

Utilizando a persuasão na negociação

Como, enfim, utilizar a persuasão na hora de negociar?

Segundo o professor de Negociação da Fundação Getulio Vargas, Glauco Cavalcanti, é preciso levar os 6 princípios universais da negociação em conta: 

  • Reciprocidade
  • Simpatia
  • Senso comum
  • Autoridade
  • Compromisso
  • Escassez

“Se você faz um favor a uma pessoa, ela tende a te retribuir, se você é simpático, ela tende a gostar mais de você, se você mostra que todos estão fazendo algo e ela não, ela tende a não querer ficar de fora, e por aí vai”, explica Glauco. 

O professor ainda pontua que, alinhado a estes princípios, descrito por uma das maiores autoridades da Persuasão, Robert Cialdini, é importante que o negociador também tenha conhecimento técnico, domínio emocional e compreensão de linguagem corporal.

“O bom negociador não se deixa enganar pela sua mente, ele conhece as pessoas do jogo, tem inteligência emocional e consciência dos movimentos que pode ou não fazer, persuadindo na hora certa”, conclui o professor. 

E você, já está preparado para fechar os maiores negócios da sua vida?

Aqui na MMurad | FGV, diversos cursos de MBA possuem em sua grade a disciplina de Negociação, pois ela é uma habilidade imprescindível para um bom gestor.  Conheça os cursos!