Pré-Inscrição

Desafios da gestão médica em meio a uma crise sanitária: como enfrentá-los?

Desafios da gestão médica em meio a uma crise sanitária: como enfrentá-los?

Essa semana é comemorado o Dia do Médico! Não podíamos deixar de parabenizar os profissionais que estão enfrentando tantos desafios esse ano, mas continuam salvando vidas com muita dedicação. 

Falando em desafios e no Dia do Médico, podemos afirmar também que, em 2020, a gestão médica de todos os países foi uma das áreas mais impactadas pela pandemia do novo coronavírus.

Alguns desafios estão ligados ao acesso físico em toda cadeia de atendimento (em alguns casos, a “saúde digital”), sustentabilidade operacional-financeira verificada no sistema público e também no privado, escassez de recursos de várias naturezas para combate a pandemia e outros. 

Sendo assim, é necessário que o setor se reinvente e saiba inovar para continuar prestando um atendimento seguro, mesmo em meio à uma crise sanitária como essa. 

Confira alguns desafios e como se preparar! 

Desafios que a gestão médica está enfrentando

Já falamos por aqui que o setor administrativo de hospitais e clínicas está passando por inúmeros desafios desde o início da pandemia. 

Consulta médica à distância

Uma das adequações que foram necessárias, foi a consulta médica à distância

Com o aumento da procura por telemedicina e o isolamento social, pacientes procuraram cada vez mais esse serviço, pois, ao invés de irem em clínicas e hospitais, optaram por tirar as suas dúvidas e resolver outros problemas com a consulta à distância. 

Apesar das vantagens, essa modalidade de consulta ainda não possui regulamentação específica no Brasil e é permitida apenas para casos clínicos entre profissionais da saúde.

Entretanto, essa tendência deve perdurar no pós-pandemia, necessitando de intervenções administrativas da gestão médica para uma readequação saudável para as contas da empresa. 

E não foram apenas as consultas e pronto-atendimento que sofreram alterações nas formas de atender, não.

Manutenção de estruturas  

A implementação de novas estratégias, capacitação de equipes, adaptações físicas e aprimoramento do processo de logística fizeram (e ainda fazem) parte da lista de desafios da gestão hospitalar em meio à crise sanitária.

Diante desse cenário, hospitais e clínicas tiveram que tomar medidas para manter estruturas seguras e, principalmente, um bom clima organizacional e equipes motivadas para enfrentar a pandemia. 

Para isso, redobrar a atenção na segurança do exercício de funções básicas de todos os funcionários foi um ponto de atenção para os gestores. 

Veja também: Gestão na carreira médica: como aplicar da melhor forma

Remuneração de funcionários

A remuneração de funcionários também foi um desafio na rede privada.  Com alto risco de contágio, as pessoas deixaram de ir à clínica, o que impactou em queda na receita de algumas empresas.  

Neste sentido, uma solução foi a de valorizar os profissionais com remuneração por mérito e também abrir as oportunidades para trabalharem remotamente. 

Boas práticas para enfrentar os desafios

Para enfrentar todo e qualquer desafio, existe um conjunto de boas práticas. Por isso, trouxemos algumas para te ajudar a lidar com a crise. 

Tomada de decisões

A tomada de decisões deve ser guiada por dados. Seja para decidir qual o momento de aumentar ou diminuir a quantidade de leitos ou para optar pela compra e/ou redistribuição de novos equipamentos, o bom gestor deve ter as métricas da clínica/hospital em mente e tomar a decisão baseado nelas, nunca se utilizando do achismo e “atirando no escuro”. 

Agregar o valor no atendimento

Agregar valor à saúde do paciente é fundamental nesse momento. Por isso, é importante manter contato ativo com ele e com a família para que vejam que a empresa e seus colaboradores valorizam, de fato, todas as vidas. 

Redução de desperdício

A redução de todo e qualquer desperdício te ajudará a manter e a trazer mais recursos para a clínica, agregando, ainda, mais valor para o seu serviço e atendimento. 

Utilização de tecnologia 

Utilizar mais tecnologias como o machine learning, inteligência artificial, automação de processos e integração te ajudarão a melhorar a gestão médica do hospital ou clínica e a tomar decisões, como falamos anteriormente.

Preparação para o pós pandemia

No cenário após a pandemia, nada voltará a ser como era antes. Principalmente na área da saúde. 

Com a pior crise sanitária dos últimos tempos, o segmento precisou se reinventar e buscar eficiência no atendimento para enfrentar a Covid-19. 

Esteja preparado para enfrentar crises como essa sem ser pego de surpresa. Conheça o MBA em Saúde: Administração de Clínicas e Hospitais da Fundação Getulio Vargas. A turma está confirmada e o Encontro Inaugural será no dia 06 de Novembro.