Pré-Inscrição

Como é a Geração X no mercado de trabalho?

Como é a Geração X no mercado de trabalho?

No mercado de trabalho, diversas gerações podem ser obrigadas a conviver juntas e este fato deve ser administrado da melhor forma possível pelo gestor.

No segundo post da Série Gerações, a MMurad/FGV traz mais informações sobre como a Geração X se comporta no mundo corporativo.

Confira!

Faixa etária da Geração X

Um pouco mais nova que os Baby Boomers, assunto do nosso post anterior, a Geração X representa 26% da população brasileira, cerca de 55 milhões de pessoas, segundo pesquisa recente do Itaú BBA, banco de investimentos do Itaú Unibanco.

A Geração X compreende pessoas nascidas entre os anos de 1964 e 1980, ou seja, hoje, possuem entre 55 e 39 anos. Além de serem filhas dos Baby Boomers, também presenciaram fatos marcantes e revolucionários da nossa história. 

Interesses digitais e outros diferenciais da Geração

Os interesses digitais da Geração X se resumem mais às redes Facebook, Linkedin e ao app WhatsApp. Alguns também fazem bastante uso do Instagram, mas a variação de uso desta rede social é maior se comparada ao uso das outras redes.

Outro diferencial dessa geração também se concentra na preocupação com a saúde e com o que está acontecendo no mundo – é uma geração antenada nas notícias.

Geração X no mercado de trabalho

Os colaboradores da geração são leais, dedicados e experientes, dando um grande valor ao trabalho e às metas da empresa.

Como a Geração Y, posterior a X, é uma geração que pegou mais mudanças tecnológicas e está mais habituada a este mundo, grande parte das pessoas que fazem parte da X tem um certo receio de perder espaço para as da Y e para a tecnologia de forma geral.

Equilíbrio da vida profissional e pessoal

Além disso, a Geração X é uma geração que tenta equilibrar vida profissional e vida pessoal, um pouco mais do que os seus antecessores e um pouco menos do que os seus sucessores.

Outra grande característica deste grupo consiste na valorização das competências. Das suas próprias, quando atuando de forma isolada dos demais, e nas de seus colegas, ao assumirem a liderança ou trabalharem em grupo.

E você, trabalha com alguém da Geração X? Conseguiu enxergar essa pessoa no post? Não perca a continuação da Série Gerações na semana que vem!