Pré-Inscrição

Linguagem corporal: quais as melhores posturas para se ter na rotina profissional?

Linguagem corporal: quais as melhores posturas para se ter na rotina profissional?

Nossa postura corporal diz muito sobre nós mesmos. Ela consegue revelar como está o nosso humor, a nossa disposição, o nosso dia…

No mundo empresarial, ela precisa estar ainda mais alinhada e relacionada com o que o profissional quer passar para os seus liderados, colegas de trabalho, clientes, prospects, entre outros. 

Vamos falar um pouco mais sobre isso? 

Braços abertos ou fechados?

Ao mantermos nossos braços cruzados, podemos indicar discordância ou que não estamos abertos para ouvir o que a outra pessoa tem a dizer. 

Portanto, manter os braços abertos sempre que possível é uma sugestão indicada para os profissionais, pois demonstra receptividade ao discurso do outro. 

Mas também não é necessário ficar 24 horas por dia com os braços abertos ou soltos caso você se sinta desconfortável nessa posição, ok?

Muitas vezes, os braços estão fechados por questão de comodidade ou mesmo porque estamos concentrados demais para sequer nos preocuparmos com isso. 

Na dúvida, utilize o bom senso. Não apenas os nossos braços falam, como também o restante do nosso semblante, foco do nosso próximo tópico.

Sorria sempre que possível

Não precisa ficar com as bochechas doendo de tanto sorrir!

Mas é fato que um semblante bom, leve e positivo, com um belo sorriso, de preferência, já faz toda a diferença para quem está em contato conosco, seja em uma reunião ou mesmo no mesmo ambiente, apenas estabelecendo um ou outro contato visual.

Um sorriso também pode te revelar uma pessoa acessível, aberta ao que o outro tem a dizer, além de desestressar e poder servir como “quebra gelo”. 

Aliás, quebrar o gelo antes de uma reunião também é essencial para que ela flua da melhor forma.

Parece que não, mas conversar rapidamente sobre o tempo, sobre a comida favorita da pessoa ou outro assunto em voga que venha à tona pode fazer toda a diferença, principalmente na hora de conseguir algo.

Contato visual

Ninguém gosta de gente que não fala olhando nos olhos, não é mesmo?

Portanto, vale sempre fazer contato visual com a pessoa a qual você está direcionando a sua fala e vice-versa.

Olhar para a pessoa enquanto ela fala transmite interesse no assunto, além de credibilidade e confiança. 

Pernas e braços alinhados 

Para finalizar, uma dica muito importante é também manter os seus braços e pernas alinhadas com os ombros e os pés. Esta postura demonstra equilíbrio, confiança e que você está aberto ao que o outro vai falar. 

Outro recurso que você pode usar a seu favor na hora de se comunicar é o gesto. 

Gesticular com a mão enquanto fala traz mais impacto ao seu discurso e também te ajuda a falar com mais objetividade. As mãos são umas das principais partes do corpo quando falamos de expressão. 

Utilize-as! Se expresse!

Confira também: Quais são as soft skills mais valorizadas no mercado?