Pré-Inscrição

O cenário econômico brasileiro atual vem apresentando grande vulnerabilidade para o país, com dólar em alta, ameaça de alta da inflação, estimativas para o PIB cada vez mais baixas e, ainda, o chamado mundo VUCA.

Diante disso, quem trabalha com Finanças precisa saber como lidar e contornar essa situação da melhor forma, investindo em qualificação e um melhor uso das ferramentas disponíveis no mercado.

Entenda melhor o que está acontecendo e saiba mais sobre a importância de se destacar e garantir a rentabilidade da empresa mesmo em momentos de crise!

O mundo VUCA

À medida que as tecnologias avançam e os consumidores se tornam cada vez mais empoderados e independentes, o mundo (ou ambiente) VUCA se torna mais evidente. O termo existe há décadas e foi criado dentro de um contexto militar, mas vem ganhando cada vez mais espaço dentro das organizações.

VUCA vem do inglês: Volatility (Volatilidade), Uncertainty (Incerteza), Complexity (Complexidade) e Ambiguity (Ambiguidade). Em outras palavras, exatamente o cenário em que vivemos atualmente.

Para quem trabalha com Finanças, saber se adaptar a este ambiente é extremamente importante porque, além dele, existem os fatores externos e ligados à economia, como a questão da Reforma da Previdência e as demais questões já citadas anteriormente.

Para além disso, o mundo VUCA estimula novos modelos de negócios de forma rápida, o que pode trazer um aumento da concorrência e uma exigência ainda maior do público-alvo da empresa.

Mas não é preciso se desesperar! O mundo VUCA pode parecer assustador, mas é uma realidade que não há como fugir. Com a devida adaptação, flexibilidade e uma boa e hábil gestão, as empresas poderão lidar de forma tranquila com a situação e até tirar proveito dela nos negócios.

Como o gestor financeiro deve lidar com os riscos

Para lidar com os riscos de um mundo VUCA e os demais riscos de uma empresa, o gestor financeiro precisa, entre outras questões:

  • Ter um alto domínio de ferramentas financeiras e de controladoria, elas é que vão garantir uma boa rentabilidade mesmo em momentos de crise;
  • Tomar decisões assertivas e acompanhá-las para que não haja desvios e desperdícios;
  • Ter uma boa gestão do capital de giro;
  • Considerar todos os riscos;
  • Considerar todos os custos;
  • Saber ser flexível.

Para adquirir ou desenvolver todas essas competências, não basta somente a vivência prática, onde não há tanto espaço para erros. É preciso alinhar prática com a devida qualificação – por isso ela é tão importante para o gestor financeiro da empresa, afinal de contas, é ele quem garante as contas no azul e mesmo a sobrevivência da empresa em meio a tantos conflitos.

“Você só gerencia aquilo que você controla”

A frase acima é do professor Fabiano Simões, mas pode se aplicar ao trabalho de todo o gestor financeiro e controller.

É ela quem permeia também o MBA em Gestão Financeira, Controladoria e Auditoria da MMurad/FGV, coordenado pelo professor, que também é consultor e palestrante nas áreas de formação de preço, gestão de custos, orçamento e valuation.

“A frase tem muito a ver com a questão da qualificação do gestor, que não se relaciona apenas com aprender, mas também dispor de ferramentas que já possam ser aplicadas no dia seguinte à aula, com resultado imediato”, explica Fabiano.

O curso está dividido em três decisões: Decisão de financiamento, que consiste em como captar recursos levando em consideração custo da dívida e riscos; Decisão de investimento, relativo à como aplicar os recursos captados de forma eficiente; e Decisão operacional, que se refere a como usar a capacidade operacional de forma eficiente.

“Este MBA não é feito só para quem é contador ou para quem trabalha na área de Finanças, é pra quem tem uma empresa e precisa maximizar o resultado dela e até para outras áreas que desejam ter um maior controle da operação, uma maior gestão do resultado do seu departamento”, conta o professor.

O que está esperando? O MBA em Gestão Financeira, Controladoria e Auditoria está com matrículas abertas e condições especiais para a turma do segundo semestre. Inscreva-se aqui.