Pré-Inscrição

Conheça as soft skills mais valorizadas no mercado de trabalho!

Conheça as soft skills mais valorizadas no mercado de trabalho!

Você já ouviu falar em soft skills? Ou tem alguma ideia sobre o que esse termo significa? 

O termo “soft skills” é normalmente utilizado por profissionais da área de RH, mas se popularizou para todo o mercado de trabalho quando o assunto se relaciona a habilidades e competências comportamentais. 

Diferente das “hard skills”, que são as competências técnicas, como por exemplo, o conhecimento em softwares, planilhas e uma língua estrangeira, as soft skills são as habilidades comportamentais como: liderança, boa comunicação e inteligência emocional. 

Até aqui deu para esclarecer o que são as soft skills, mas como uma competência emocional pode ser importante para o mercado de trabalho? 

Essas e outras perguntas nós iremos te responder nesse post! 

Continue acompanhando! 

Qual a importância das soft skills para o mercado de trabalho?

Hoje, ter um bom currículo com cursos e especializações é só o primeiro passo para se sair bem no mercado. As habilidades comportamentais também fazem parte de um profissional completo. 

Segundo a consultora do Núcleo de Carreira e Empregabilidade da MMurad | FGV, Neidy Christo, a grande maioria dos profissionais ficam fora do mercado de trabalho por falta de soft skills. 

“Existem pesquisas de aproximadamente três anos que mostram que a grande maioria dos profissionais são demitidos por falta de competências comportamentais, ou seja, soft skills.   As competências técnicas já são obrigação do profissional, mas são as competências emocionais que irão mantê-lo em uma empresa”, explica.

Isso já nos indica um sinal verde para começarmos a trabalharmos as soft skills já! 

Quais as soft skills em alta no mercado de trabalho? 

Segundo um levantamento do Fórum Econômico Mundial, essas são as principais competências exigidas pelo mercado de trabalho mundial. 

Confira! 

Resolução de problemas complexos

Essa foi a habilidade que ficou no topo da lista. Se você é um bom observador e detalhista, pode ter vantagens na hora de desenvolver essa skill, que é uma das mais procuradas no mercado. 

Além de ter a habilidade de analisar um problema complexo, por exemplo, é também necessário ter criatividade para tomar decisões da melhor forma possível. 

“A resolução de problemas complexos vai muito além de pequenas decisões ou empecilhos do dia a dia, e envolve a capacidade de criar. É pensar fora dos métodos mais tradicionais e em processos bem definidos para resolução desses problemas”, afirma Neidy Christo. 

Pensamento crítico

Inovar e buscar melhorias e soluções em todos os âmbitos de um negócio são algumas das características do pensamento crítico. 

“Usar realmente a lógica e identificar forças e fraquezas de uma solução ou alternativa e chegar a conclusões e abordagens para aquele problema são bases para ter um pensamento crítico em relação ao que está sendo decidido ou o que está acontecendo em determinado momento”, conta Neidy. 

A consultora Neidy Christo fala sobre as soft skills mais valorizadas do mercado
A consultora do Núcleo de Carreira e Empregabilidade da MMurad | FGV, Neidy Christo.

Criatividade

A terceira competência exigida pelo mercado de trabalho é a criatividade. Em 2020, muitos colaboradores e empreendedores perceberam o quanto essa skill é importante para o dia a dia de trabalho. 

“Para que nós possamos ter motivação para trabalhar e desenvolver outras pessoas, a criatividade é fundamental, mesmo em momentos tão complexos quanto a pandemia que estamos vivendo”, explica a consultora.

Relacionamento Interpessoal

Além das relações necessárias e estabelecidas no ambiente de trabalho, ter uma boa conexão com outras equipes ajuda a atingir melhores resultados. 

“Trabalhar colaborando com as pessoas no seu ambiente de trabalho é essencial para que você tenha a capacidade de conviver com todos e mantenha um bom relacionamento. Tudo isso está dentro dessa competência que é o relacionamento interpessoal ou coordenação com os outros, como também é chamada”, conta. 

Inteligência emocional

A capacidade de lidar e identificar os sentimentos e emoções com mais facilidade está em alta hoje, já que, para ser bem sucedido em qualquer área, é necessário saber como agir em momentos de dificuldade e melhorar as relações interpessoais. 

“Ter a competência para lidar e controlar suas emoções é de grande valor para o mercado hoje! E não só as próprias emoções, mas também as emoções de outras pessoas que estão ali convivendo com você, ajudando-as a saber como reagir”, explica Neidy. 

Como desenvolver as competências emocionais?

Existem diversos meios de você começar a descobrir e exercer as suas competências emocionais. Alguns deles são através da participação em congressos, workshops, mentorias de carreira, exercícios de autoconhecimento, entre outros.

“Existem diversas formas para desenvolver habilidades emocionais, mas nenhuma delas irá funcionar se você não trabalhar o autoconhecimento. Como buscar o autoconhecimento? É entender como você é, porque faz as coisas e porque não as faz. Passar por esse processo de autoconhecimento é extremamente importante para que consiga aprimorar as soft skills”, conta Neidy Christo. 

Para finalizar, a consultora do Núcleo de Carreira e Empregabilidade da MMurad | FGV deixa mais uma dica.

“Tanto a equipe de RH quanto os gestores observam quem está sendo recrutado ou quem precisa ser promovido. Então, em qualquer lugar que você esteja, é sempre bom lembrar que está sendo observado e que são nessas horas que você deverá colocar as suas soft skills em prática. Isso com certeza contará pontos a seu favor para ser enxergado em um processo seletivo e também reconhecido pela empresa que você já trabalha”, aponta. 

Conte com os cursos da MMurad | FGV para aprender e colocar as suas soft skills em prática! Confira a lista completa e garanta condições especiais para matrículas antecipadas!