Pré-Inscrição

Como mapear as principais tendências para 2021?

Como mapear as principais tendências para 2021?

O gestor que consegue antecipar tendências de mercado conta com inúmeras vantagens em relação aos seus concorrentes.

Quer saber como mapear as principais tendências para 2021 e sair na frente? 

Continue acompanhando e confira! 

Oportunidades para o negócio

Segundo a consultora do Núcleo de Inovação e Empreendedorismo da MMurad FGV, Maíra do Vale, o mapeamento de tendências pode se tornar uma grande oportunidade para o negócio. 

Para isso, a consultora conta com uma aliada, que costuma indicar para os seus mentorandos: a ferramenta Future Wheel. 

“Costumo trabalhar com as empresas a ferramenta Future Wheel, que coloca, no centro de tudo, uma tendência ou evento que provoca mudanças e, ao redor dele, as suas consequências e insights/oportunidades para o negócio”, explica. 

Tendências 2021

Future Wheel: ferramenta é uma ótima aliada na hora de mapear tendências.

Como utilizar a Future Wheel?

A técnica Future Wheel é composta por quatro passos essenciais:

1. Mapeamento da tendência ou evento

O primeiro passo para colocar a técnica em prática é escolher, junto à sua equipe, uma tendência ou evento do qual a sua empresa ou negócio está inserido. 

“Para capturar diferentes perspectivas e mapear as ações necessárias para o melhor aproveitamento dos insights, a proposta é sempre usar a Future Wheel em equipe”, ressalta. 

Utilizaremos como exemplo, para o post, o isolamento social. 

2. Consequências de 1ª ordem

No segundo passo, a equipe deverá traçar algumas consequências geradas a partir da tendência ou evento em questão. 

Essas consequências podem ser mudanças de comportamento, por exemplo. No contexto do isolamento social, uma das consequências de primeira ordem é a do trabalho em home office. 

3. Escreva consequências de 2ª ordem (que derivam da primeira) 

Para o terceiro passo, vocês deverão traçar comportamentos, mudanças ou características que passaram a existir a partir da consequência de 1ª ordem. 

Seguindo o exemplo citado acima, a consequência de 2ª ordem do trabalho em home office seria a necessidade das pessoas estruturarem em casa um escritório para trabalhar, por exemplo. 

4. Insights/oportunidades descobertas para o seu negócio

Nesta etapa, vocês poderão ter ideias para alavancar o negócio, baseado nas tendências e eventos do cenário, e das consequências geradas por eles. 

“Seguindo o nosso exemplo anterior, uma solução inovadora que poderá ser proposta e se tornar uma tendência, é o planejamento de imóveis residenciais que contemplem “escritórios”, se o negócio for uma construtora, por exemplo. Ou, se o negócio for financeiro, a oferta de linhas de crédito personalizadas para a compra de materiais de escritório também é uma boa alternativa”, comenta Maíra.

 
A consultora do Núcleo de Inovação e Empreendedorismo, Maíra do Vale. 

Aprendizagem deve ser contínua

Quem não sonha em mapear tendências e desenvolver soluções inovadoras em seu negócio, não é mesmo?

Para isso, tanto empresas, quanto negócios, devem aprender de forma contínua.

“Para sobreviverem em meio a tantas mudanças, as empresas devem buscar novos meios de entregar valor, inovando de forma incremental e também disruptiva. Bem com elas, os profissionais também devem ligar o “botão” de aprendizagem e não desligar nunca mais, buscando a transformação pessoal de forma continuada”, conclui. 

Gostou do conteúdo? Nossos alunos e ex-alunos também podem agendar sua mentoria individual com a própria Maíra e contar com a ajuda do Núcleo de Inovação e Empreendedorismo da MMurad|FGV! Agende pelo telefone (27) 2125-4761 ou pelo e-mail maira.fgv@mmurad.com.br.