Pré-Inscrição

Trabalho em home office: uma tendência que veio para ficar?

Trabalho em home office: uma tendência que veio para ficar?

Em meio à pandemia do novo coronavírus e as adaptações que as empresas tiveram que fazer em suas estruturas e equipes, uma pergunta paira no ar: será que o regime de trabalho em home office veio para ficar? 

Reunimos algumas informações que podem ajudar a formular uma resposta para essa pergunta!

Transformação digital e o trabalho em home office

Ao que tudo indica, esta mudança do presencial para o online, em casa, faz parte de uma das pautas de mudanças da chamada transformação digital, assunto em alta já há alguns anos. 

No processo de transformação digital das empresas, o digital passa a ocupar o centro de tudo, otimizando processos para o alcance de melhores resultados com uso da tecnologia. 

E assim, logicamente, se inclui o trabalho em home office. Com a pandemia, muitas empresas tiveram que se adaptar às pressas aos modelos digitais, colocando os funcionários em casa, aumentando a produtividade dos mesmos em grande parte dos casos e trazendo, ainda, menos gastos financeiros para as empresas.

Outro destaque neste processo são os softwares de gestão online, que automatizam processos manuais e otimizam esforços. Assim, processos rotineiros como o controle de ponto, reuniões virtuais e contabilização de tarefas passaram a ser feitas por esses softwares, trazendo inúmeros ganhos para as organizações. 

Baixo custo e outros benefícios 

Como dissemos anteriormente, segundo diversos artigos e pesquisas, as equipes remotas são mais baratas e mais rápidas para quem deseja começar no trabalho e ganhar impulso nas empresas. Ou seja, para uma empresa manter um funcionário a distância é menos custoso. 

Existem também alguns benefícios apontados pelos próprios colaboradores: horários flexíveis e a possibilidade de se trabalhar de qualquer lugar estão entre os principais. Por isso, mesmo já passado o pico da pandemia em grande parte do Brasil, algumas pessoas ainda preferem o home office. 

Futuro do trabalho em home office

O fim do isolamento social não significará o fim do home office para várias empresas. 

Algumas já estenderam o trabalho remoto até o fim do ano. 

Já outras planejam voltar à medida que a crise sanitária  for melhorando, mas não da forma de antes: o funcionário, desta vez, que irá decidir – optando por ficar ou não em casa. 

Outra opção que tem se mostrado promissora é a do formato híbrido, onde o funcionário alterna sua presença em casa e no escritório ao longo da semana. De acordo com uma pesquisa da Unentel, 60,8% dos colaboradores pesquisados dizem preferir aderir a este modelo híbrido. 

E você? Qual a sua opinião? Participe da nossa pesquisa sobre o assunto.